As estrias são linhas atróficas que aparecem por ruptura das fibras elásticas causadas por distensão rápida da pele (crescimento e ganho de peso rápidos, gestação, hipertrofia muscular intensa, cirurgia com colocação de próteses), por predisposição genética, fatores hormonais, retenção hídrica, alterações circulatórias e uso de medicamentos.

O tratamento tem como objetivo melhorar o aspecto das estrias por meio do estímulo do colágeno. As estrias recentes (estrias vermelhas) têm melhor resposta ao tratamento, chegando a até 90% de melhora em alguns casos.
As mais antigas (estrias brancas) podem melhorar entre 30 a 70%. Por isso, o tratamento deve ser iniciado o mais precocemente possível.

Podem ser usados o laser de CO2 fracionado, microagulhamento com drug delivery de substâncias que estimulam a produção de colágeno (MMP) e peelings, além de alguns produtos e ácidos de uso domiciliar.

A terapia combinada pode ser mais eficaz.

Procedimentos relacionados:
– Laser de CO2
– MMP